- as imagens das colunas laterais têm quase todas links ..
- nas páginas 'autónomas' (abaixo) vou recolhendo posts recuperados do 'vento 1', acrescentando algo novo ..

06/05/13

Passos e Portas: 48 horas de embuste

fonte: Cantigas Do Maio  

os embusteiros-mor
O governo já nem tenta disfarçar a manobra de diversão e o embuste, o que é a prova de que se sente impune, faça o que fizer. 

Passos Coelho apresentou sexta-feira as novas medidas de corte na despesa a inserir no Orçamento rectificativo. Uma delas, a nova contribuição para os pensionistas, foi lançada só para ser rejeitada por Paulo Portas e dar-lhe espaço político para se manter na coligação. 

O governo não se importou que parecesse gratuito e fantasioso estar a lançar mais uma contribuição para os pensionistas em cima da contribuição extraordinária de solidariedade do Orçamento para 2013, viabilizada recentemente pelo Tribunal Constitucional. No sábado, Passos ainda lhe estendeu o tapete para o grande discurso das 19 horas de domingo. Que Portas tinha participado nas novas medidas mas que ele, Passos, estava aberto a alternativas.... 

Mas o espectáculo que começou às 20 horas de sexta-feira, foi já hoje desmontando. Passos diz ao diário Económico que "precisamos de equacionar a aplicação de uma contribuição sobre as pensões". 

Não se pode demitir o governo por 48 horas de embuste? 

Um Presidente da República que não fosse cúmplice desta impostura metia o governo na ordem em três tempos. 

Uma sociedade civil mais exigente não se calaria após ser tratada com tamanho despudor como se fosse mentecapta. 

[Paulo Gaião, Expresso]

Nota — A nova taxa de sustentabilidade sobre pensões implica um corte médio de 1,9% e a roubalheira, perdão, poupança estimada com a medida é de 436 milhões de euros, a partir de 2014. 

Fonte <http://bit.ly/11anO8l>

1 comentário:

Miguel Loureiro disse...

Estou a escrever sobre o assunto e agendar para logo.
Vou fazer link para aqui, à 17:00
Obrigado